Perguntas Frequentes 2017-09-12T19:56:49+00:00

Respostas para as perguntas mais comuns

Fique à vontade para entrar em contato caso tenha alguma dúvida

MARCAR CONSULTA

É uma técnica que visa resolver problemas focais, mas que, nem por isso, ignora o passado. Ela é objetiva e direta, sem deixar de ser acolhedora. Envolve tarefas de casa, mas na minha prática uso pouco, trazendo outros artifícios para as sessões. Mas é uma linha terapêutica bastante ativa e envolvente.

São sessões semanais (na maioria dos casos), com duração entre 40 e 50 minutos. Fora isso, as sessões são bastante personalizadas, então eu uso as melhores técnicas para cuidar do seu caso em específico.

No momento não, mas eu ofereço uma guia para pedido de reembolso. Além disso ofereço um pacote com desconto para quatro sessões e desconto por indicações.

Eu ouço essa pergunta mais vezes do que você pode imaginar. Você vai à academia só se tiver obesidade mórbida? Busca um curso de inglês apenas quando o patrão exige? Psicologia vai muito além de “tratar uma doença ou distúrbio mental”, psicologia faz parte do campo da saúde, ou seja, ela serve para promover a melhora na qualidade de vida das pessoas. Se você quer fazer terapia, isso é sinal de amor próprio e de lucidez, não de loucura.

Nesse mundo agitado em que vivemos temos pouco tempo e disposição para refletir. Então o que mais vejo em meu consultório são casos do chamado “Trio do mal”: ansiedade, estresse e depressão.

É quando sua mente se torna inquieta por conta de um constante sentimento de ameaça. Agitação, suor nas mãos, taquicardia, dificuldade de silenciar os pensamentos, são todos sinais de ansiedade. Busque ajuda caso isso te traga sofrimento, o Google não é lugar de diagnóstico!

Depressão não é resfriado que surge do nada e se pega facilmente. É uma doença que tem um processo de instalação longo e que, se bem tratada no inicio, costuma não causar maiores complicações. A tristeza é apenas um dos muitos sintomas de depressão.

Assim como a tristeza é apenas um sintoma da depressão, a raiva e o chamado pavio curto são apenas dois dos sintomas indicadores de estresse. Ele está mais ligado a um quadro de desgaste e cansaço que a um quadro de raiva e explosividade.

Te dou receitas maravilhosas de bolo, mas não receitas para medicamentos. Só quem pode fazer isso é médico e desconfie de quem não é está distribuindo receitas por aí.